ENERGIA EÓLICA >> a energia mais limpa do planeta

 

A utilização da ENERGIA EÓLICA comporta numerosas vantagens face às energias tradicionais e mesmo em comparação com outros tipos de energias renováveis em função do seu maior desenvolvimento.

1/4
  • Geração de eletricidade regionalizada por energia eólica economiza custos para a construção de grandes linhas de transmissão e perdas na transmissão.

  • Os parque eólicos são compatíveis com outros usos e utilizações do terreno como a agricultura e a criação de gado.

  • Reduz a elevada dependência energética do exterior, nomeadamente a dependência em combustíveis fósseis.

  • Alternativa técnica e economicamente viável para auxiliar no atendimento das demandas regionais, onde haverá geração de investimento em zonas desfavorecidas.

  • É escalonável e pode ser flexivelmente estendida de acordo com a demanda e possui fases de construção com impacto ambiental reduzido.

A energia eólica não faz uso de fontes naturais e não danifica ao meio ambiente em sua utilização.

 

  • Não emite gases poluentes nem gera resíduos.

  • Crescente aumento por parte das concessionárias e distribuidoras de energia em fontes alternativas de energia.

  • Excelente rentabilidade do investimento. Em menos de seis meses, o aerogerador recupera a energia gasta com a sua fabricação, instalação e manutenção.

  • É uma das fontes mais baratas de energia podendo competir em termos de rentabilidade com as fontes de energia tradicionais.

  • Os aerogeradores não necessitam de abastecimento de combustível e requerem escassa manutenção, uma vez que só se procede à sua revisão em cada seis meses.

>>
A Energia Eólica é a fonte de geração de energia elétrica que mais cresce no Brasil. Com o volume total de Energia Eólica contratado em 2017, a Energia Eólica contribuirá para a geração de mais de 70 mil empregos, R$ 21,2 bilhões em investimentos, 8,5 milhões de casas abastecidas e 4 milhões de toneladas de CO2 evitadas, segundo dados da ABEEólica.
>>
O ano de 2017 encerrou com US$ 3,57 bilhões (R$ 11,4 bilhões18) investidos no setor eólico, representando 58% dos investimentos realizados em renováveis (solar, eólica, biocombustíveis, biomassa e resíduos, PCHs e outros). Considerando o período de 2010 a 2017, esse número é de cerca de US$ 32 bilhões.

2008-2019 © Copyright - ENERGYPRO GROUP - Todos os direitos reservados